Biblia on Line

Desvendando os Mistérios da Bíblia

Com o Pr. Joel Almeida

Estudos Bíblicos

Lição da Escola Sabatina

.Nossa História

Origem 


A IASD é originária do Movimento Millerita, que foi parte do Segundo Grande Despertar ocorrido na década de 1840 no Oeste dos Estados Unidos, que na época consistia das áreas próximas aos montes Apalaches.

William Miller (1782 - 1849), um agricultor, converteu-se à Igreja Batista e começou a estudar intensamente a Bíblia sob um ponto de vista que misturava o literal e o alegórico. Miller observou que as profecias bíblicas, principalmente do Livro de Daniel teriam sido cumpridas ao longo da história, seguindo uma certa precisão cronológica. Baseados nesses princípios estabeleceu que a volta de Jesus Cristo à terra ocorreria por volta de 22 de Outubro de 1844. 

Miller começou a pregar a volta iminente de Cristo e ajuntou um bom número de adeptos, mas na data nada ocorreu, gerando O Grande Desapontamento. Enquanto a maioria dos Milleritas acabaram por desanimar, vários grupos tentaram racionalizar o evento e apresentar explicações alternativas. Um desses grupos foi liderado pelo capitão aposentado Joseph Bates e pelo casal Thiago e Ellen G.White.

Joseph Bates foi convencido sobre a guarda do Sábado como o sétimo dia Sagrado, através de contato com os Batistas do Sétimo Dia, através de Rachel Oakes. Bates organizou conferencias sabatistas em New Hampshire a partir de 1846.

Em 1848, a jovem senhora Ellen G. White clamou ter uma visão e seu marido começou a publicar suas revelações. O movimento começou a crescer e Ellen escreveria mais de 5.000 artigos e 40 livros, sendo uma das autoras em língua inglesa que mais foi traduzida.

Embora o nome “Adventista do Sétimo Dia” tenha sido escolhido em 1860, a denominação oficialmente foi organizada em 21 de maio de 1863, quando o movimento já se compunha de cerca de 125 igrejas e 3.500 membros.

Expansão 

A IASD concentrou-se na América do Norte até 1874, quando John N. Andrews foi enviado para a Suíça como primeiro missionário oficial além-mar. A África teve seu primeiro contato com o adventismo em 1879, quando o Dr. H. P. Ribton, um recém-convertido na Itália, mudou-se para o Egito e abriu uma escola, mas o projeto foi encerrado quando houve uma revolução nas redondezas da escola. O primeiro país não-protestante a ser atingido foi a Rússia em 1889 com a chegada de um ministro. 

Em 20 de outubro de 1890 a escuna Pitcairn aportou em São Francisco, Califórnia e logo se ocupou em levar missionários para as Ilhas do Pacífico. Os adventistas do sétimo dia entraram em países não-cristãos pela primeira vez em 1894 – Costa Dourada, (Gana), África Ocidental, e Matabeleland, África do Sul. Neste mesmo ano missionários foram enviados à América do Sul, e em 1896 havia também representantes no Japão. 

A IASD tem apresentando um crescimento notável na América do Sul e África com atuação reconhecida na área de saúde. Nos Estados Unidos a denominação apresentou crescimento líquido de 11% no período de 1990 a 2001, segundo estudo da City University of New York (American Religious Identification Survey, ARIS 1990-2001), indo de 668000 a 724000. Atualmente apresenta naquela localidade 908450 membros (crescimento de 25% em 5 anos). 

Em um século e meio, a Igreja Adventista do Sétimo Dia cresceu de um grupo de pessoas de várias denominações que estudavam a Bíblia, para uma comunidade mundial, totalizando em 2006 mais de 15 milhões de membros e outros 6 milhões de simpatizantes espalhados em 208 países do globo 

O Adventismo no Brasil 

 


No Brasil o adventismo chegou em 1884 através de publicações que chegaram pelo porto de Itajaí com destino a cidade de Brusque, no interior de Santa Catarina. Em maio de 1893 chegou o primeiro missionário adventista, Alberto B. Stauffer que introduziu formalmente através da Colportagem Piracicaba, SP, sendo Guilherme Stein Jr o primeiro converso. Inicialmente os estados brasileiros com maior presença germânica foram atingidos pela literatura adventista. Conforme informações repassadas pelo pastor F Westphal, a primeira Igreja Adventista do Sétimo Dia em solo nacional foi estabelecida na região de Gaspar, em Santa Catarina, em 1895, seguida por congregações no Rio de Janeiro e em Santa Maria do Jetibá, no Espírito Santo, todas no mesmo ano. os primeiros contatos com a população. Em abril de 1895 foi realizado o primeiro batismo em 

Com a fundação da gráfica adventista em 1905 em Taquari, RS (atual Casa Publicadora Brasileira [1] localizada em Tatuí-SP), o trabalho se estabeleceu entre os brasileiros e se expandiu em todos os estados. A primeira Escola Adventista no Brasil surgiu em 1896 na cidade de Curitiba. Em 2005 somam-se 393 escolas de ensino fundamental e 118 do ensino médio com o total de 111.453 alunos e seis instituições de Ensino Superior (IES) com mais de cinco mil alunos que tem no Centro Universitário Adventista de São Paulo, sua matriz educacional. O UNASP [2] como é conhecida esta IES, surgiu em 1915, no Capão Redondo, SP e hoje conta com três campus: na cidade de São Paulo, em Engenheiro Coelho e Hortolândia. 

Em 1960, surge o primeiro Clube de Desbravadores (departamento juvenil da IASD) na cidade de Ribeirão Preto. 

No Brasil são 1.350.000 membros da IASD em 2005 sob a coordenação de seis Uniões que administram as Associações e Missões. As instituições da IASD do Brasil e de sete países latino americanos formam a Divisão Sul Americana, com sede em Brasília, DF. 

Estrutura e forma de administração 

 Estrutura 


A IASD é administrada por uma forma de administração democrática que mistura elementos hierárquicos (ou episcopais) e presbiterianos. Todos os oficiais da igreja são eleitos a partir dos níveis mais básicos da igreja em nível sucessivo e nenhum cargo é permanente, embora possa haver reeleição. 

A igreja local é o nível fundamental da estrutura organizacional e constitui na face pública da igreja. Todo adventista batizado é membro de uma igreja local e tem poder de voto naquela igreja. Um número de cargos existem na igreja local, e são exercidos em geral (com exceção do pastor local) de forma voluntária. Os cargos que necessitam de ordenação (consagração através da imposição das mãos) incluem o pastor, ancião (equivalente ao presbítero), e diácono. Existem também cargos como o de tesoureiro e secretário da igreja, além de outros departamentos associados (chamados de ministérios) atendendo a necessidades distintas da igreja: Diaconisas, Jovens, Música, Escola Sabatina, Mulheres, Crianças e Adolescentes, ADRA local, Desbravadores, Comunicação, etc. Todos estes cargos, exceto o de pastor, são apontados por voto de uma Comissão de Nomeação, eleita plenariamente pela igreja ou através da Comissão Administrativa da Igreja, que também tem sua composição a partir da membresia local. 

Logo acima da igreja local, na estrutura administrativa, está a Associação, Missão ou Campo local. A Associação é uma organização de igrejas em um estado, ou parte dele, que administra e é proprietária dos bens e imóveis da igreja naquela região, além de organizar a arrecadação de dízimos e ofertas tanto para o pagamento dos pastores e demais funcionários do campo, como também para enviar parte destes recursos para ajudar no custeio de projetos de evangelização. A Associação também é responsável por nomear e ordenar os pastores. Sua eleição se dá por assembléia de representantes nomeados nas igrejas de sua jurisdição. 

Acima da Associação ou Missão está a União, que congrega várias Associações de uma área geográfica. O conjunto das diversas Uniões é chamado de Divisão. 

O nível mais alto de administração da estrutura eclesiástica na IASD é a Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia, que consiste de 13 divisões. A Associação Geral é a autoridade final da igreja no delineamento de prioridades e metas, administração de projetos missionários e de instituições. A mesma é chefiada por um presidente e por 7 vices-presidentes. Atualmente o presidente é Jan Paulsen. Cargos mais elevados não implicam em preeminência teológica ou espiritual, e os mesmos encargos teológicos pertencem a qualquer pastor em qualquer lugar do mundo. A Associação Geral tem seu escritório em Silver Springs, Maryland, EUA. 

Cada organização, deste modo, é governada por uma reunião de Conferência Geral, que ocorre em intervalos pré-estabelecidos. São nelas que decisões gerais, incluindo a escolha de cargos são feitas. O presidente da Associação Geral é eleito a cada 5 anos. Delegados dessa Conferência geral são eleitos por organizações dos níveis mais básicos. 

Parâmetros e manuais administrativos 

Na Conferência Geral também é votado e atualizado o Manual da Igreja, que contém diretrizes para cada nível de administração da igreja, bem como procedimentos específicos para lidar com situações desde a admissão do novo membro, batismo, ritos e casos onde há o desligamento de membros da igreja. Também estabelece parâmetros de funcionamento das organizações da igreja dentro do contexto da pregação do evangelho. As relações entre os funcionários da igreja (chamados de obreiros) são contempladas pelas praxes administrativas da organização, em nível geral, porém com adaptações por cada Divisão. 

A respeito da ordenação de oficiais da IASD, somente os pastores, anciãos e diáconos recebem a imposição de mãos. O(a) secretário(a) e o(a) tesoureiro(a)não o recebem. 

Instituições 

Publicações 


A publicação e distribuição de literatura foram os fatores mais importantes no crescimento do Movimento Adventista. O Adventist Review and Sabbath Herald (atual Adventist Review), o principal periódico da igreja, foi fundado em Paris, Maine, em 1850; a Youth Instructor em Rochester, Nova York, em 1852; e a Signs of the Times em Oakland, Califórnia, em 1874. A primeira casa publicadora denominacional em Battle Creek, Michigan, começou a funcionar em 1855 e foi legalmente incorporada em 1861 com o nome de Associação de Publicações dos Adventistas do Sétimo Dia. 

No Brasil, a Casa Publicadora Brasileira é a editora oficial da igreja adventista. 

Atualmente o principal meio de divulgação das publicações adventistas é a colportagem. 

Organismos sociais 

O Instituto de Reforma de Saúde, mais tarde conhecido como Sanatório de Battle Creek, abriu suas portas em 1866, e a sociedade de trabalho missionário foi organizada a nível de estados em 1870. A primeira escola da rede mundial de ensino da Igreja foi estabelecida em 1872, e em 1877 deu-se início à associação de Escolas Sabatinas. Em 1903 o escritório central da denominação mudou-se de Battle Creek, Michigan, para Washington, DC, e em 1989 para Silver Spring, Maryland. 

A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais(ADRA), é uma organização não governamental de âmbito mundial presente em mais de 120 países entre os quais o Brasil. 

Adra é uma agência internacional de desenvolvimento e ajuda humanitária. Ela focaliza primariamente a sustentação, com projetos de desenvolvimento a médio-prazo. 

Instituições de saúde 

Existe uma ênfase da IASD na reforma de saúde, abstinência do álcool e fumo. A igreja organiza periodicamente cursos "Como Deixar de Fumar em 5 dias", de abordagem comportamental ao vício tabágico através de palestras por profissionais de saúde, sem caráter proselitista. Sobre este aspecto, a forte ênfase sobre saúde e hábitos alimentares foi objeto de estudo pelo Governo dos Estados Unidos, através do NIH, que constatou entre adventistas do estado da Califórnia uma sobrevida maior em 7 anos em relação a população em geral.1, 2. 

Atualmente existem no mundo 532 instituições de saúde adventistas. Um dos hospitais brasileiros, o Hospital Adventista Silvestre é referido ser o primeiro hospital a ter realizado transplante de pâncreas no mundo. 

Educação adventista 

 


A IASD mantém um sistema unificado de educação protestante no mundo. Operam 5700 unidades de educação básica, ensino médio e universitário, incluindo faculdades, seminários e escolas médicas em cerca de 145 países. Este sistema envolve 66.000 professores e 1.257.000 estudantes (dados de 2005)[3]. O sistema tem clara definição por ensino religioso agregado, defesa do criacionismo, porém aceita estudantes de todas as religiões. 

Sites de Universidades Adventistas 

  • Universidad Adventista Peruana Union: UPEU: www.upeu.edu.pe

  • Centro Universitário Adventista de São Paulo: UNASP: www.unasp.br

  • Universidad Adventista de Chillna: ANACH: www.unachile.cl

  • Universidad Adventista de Bolvia: UAB: www.uab.edu.bo


Nos Estados Unidos 

  • Andrews University,

  • Loma Linda University

  • La Sierra University

  • Union College www.ucollege.edu